terça-feira, agosto 9

In Vino Veritas

O provérbio latino In vino veritas - "No vinho está a verdade" - é considerado a expressão máxima do efeito do vinho, ou seja, sob a sua acção prevalece a verdade.A origem remonta a uma história ocorrida numa aldeia romana, na era do cristianismo. Como os habitantes da aldeia eram avessos à nova doutrina, as autoridades enviaram para o local um bispo para estudar o que se estava a passar. O bispo concluiu que o jovem sacerdote era muito tímido e os seus sermões não entusiasmavam os habitantes da aldeia.O bispo aconselhou-o, então, a beber alguns cálices de vinho antes de iniciar os seus sermões, o que o jovem aceitou de bom grado. O resultado foi espantoso! O sacerdote enalteceu tanto as virtudes do cristianismo, que o bispo, pasmo com a transformação do jovem, considerou que este tinha exagerado nos copos.Mas, como in vino veritas, a aldeia tornou-se um exemplo de cristandade.

Meus caros, vamos a aproveitar a verdade que está presente no vinho e bebê-lo!
Aproveitar os vinhos do Alentejo e do Douro!
Se não apreciarem o tinto, eu não gosto muito, virem-se para o branco, seja ele verde ou maduro!

E, não posso deixar de vos falar num Bar-Restaurante, bem típico saloio, já que estou a falar de vinho. Trata-se da Taverna dos Trovadores e quem conhece Sintra, provavelmente o conhecerá, situado em S. Pedro de Sintra. O seu nome constou já no Guiness como o nome de bar mais comprido, não sei se ainda assim é, ou se já foi ultrapassado, mas é este:

Taverna dos Trovadores que bebem do branco ou do tinto a qualquer hora do dia ou da noite.

Por agora é só que tenho de ir terminar a garrafa que ali está a desafiar-me!
Fiquem bem!!

9 Comentários:

Às 10 agosto, 2005 00:26 , Blogger BlueShell disse...

Tenho aqui o copito vazio...e estou tão longe de Sintra...

Beijos, BShell

 
Às 10 agosto, 2005 09:37 , Blogger Pdivulg disse...

Isso é asim? Não ofereces a ninguém?

 
Às 10 agosto, 2005 13:27 , Blogger {-Sutra-} disse...

Eu não bebo bebidas alcoólicas, Anjo. Por isso, ofereço-o todo :-)
Mas gostei da lenda :-)

Beijo doce

 
Às 10 agosto, 2005 16:53 , Blogger Anjo Do Sol disse...

Blueshell, queres que te envie por email uma garrafinha? rsrs Não te quero de garganta seca, mulher!
Bjitos

 
Às 10 agosto, 2005 16:54 , Blogger Anjo Do Sol disse...

pdivulg, vem até cá e eu pago-te um copinho de branco ou tinto! rsrs
Bjitos

 
Às 10 agosto, 2005 16:54 , Blogger Anjo Do Sol disse...

sutra, nem uma sangria, com pouco álcool? Também servem na Taverna.
Bjitos

 
Às 11 agosto, 2005 02:00 , Blogger amita disse...

Grata pela partilha da lenda. O povo costuma dizer que o vinho solta a língua. Um bjo e uma boa semana

 
Às 11 agosto, 2005 11:31 , Blogger BlueShell disse...

heheheh...quente, vai chegar cá quente!...Não dá!


BOM DIA!
TUDO DE BOM
Beijos, BShell

 
Às 16 agosto, 2005 07:59 , Anonymous asasdosentimento disse...

O vinho solta a língua e afoga as mágoas, por vezes serve para adormecer a dor, mas porque não, saborear aquilo que de melhor nós temos, entre uma conversa um cigarro ou um livro até.

Bjs

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial