sábado, dezembro 7

Frases de MANDELA

Algumas das frases que marcaram a vida de um homem que mexeu com o mundo. Nelson Mandela, líder histórico da África do Sul e o primeiro presidente negro do país, morreu esta quinta-feira, aos 95 anos, depois de meses adoentado.


"Não vou deixar a África do Sul nem me vou render. Só através do sacrifício e da acção militante pode a liberdade vencer. A luta é a minha vida. Vou continuar a lutar pela liberdade até ao fim dos meus dias."

"Acarinhei o ideal da democracia e da sociedade livre em que todas as pessoas vivam juntas em harmonia e igualdade de oportunidades. É um ideal que espero viver e que quero ver realizado. É um ideal para o qual estou preparar para morrer."

"O tempo para a cura de todas as feridas chegou. É o momento de ultrapassar a ponte que nos dividia."

"Ninguém nasce odiando outra pessoa devido à cor da pele ou o seu passado ou a sua religião. As pessoas que aprenderam a odiar-se podem depois aprender a amar, porque o amor vem mais naturalmente ao coração que o seu oposto."

"Nunca, nunca, nunca mais deverá esta terra fantástica voltar a sofrer a opressão de um homem sobre outro."

"Nunca considerei nenhum homem superior a mim, dentro ou fora da prisão."

"Aprendi que o valor não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele."

"Um homem valente não é aquele que não sente medo, mas o que se sobrepõe a ele."

"A grandeza da vida não consiste em não cair nunca, mas em levantarmo-nos de cada vez que caímos."

"Tudo parece sempre impossível até que seja feito."

"Depois de subirmos uma grande montanha, descobrimos que há muito mais montanhas para escalar."

"Como a escravidão e o apartheid, a pobreza não é natural. São as pessoas que fazem a pobreza e toleram a pobreza e têm que ser as pessoas a ultrapassá-la."

"No meu último dia, quero saber que os que ficam para trás vão dizer 'o homem que jaz aqui fez o seu dever pelo seu país e pelo seu povo'."

"Haverá vida depois de Mandela."

 

2 Comentários:

Às 08 dezembro, 2013 19:19 , Blogger heretico disse...

abraço, meu caro.

bela homenagem.

 
Às 09 dezembro, 2013 16:02 , Blogger alf disse...

Destaco especialmente esta:

"Como a escravidão e o apartheid, a pobreza não é natural. São as pessoas que fazem a pobreza e toleram a pobreza e têm que ser as pessoas a ultrapassá-la."

É o que se está a passar agora... as pessoas que fazem a pobreza comandam os povos na europa e as que pessoas que acham que beneficiam da pobreza dos outros pactuam... tal como no caso do apartheid

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial