sábado, julho 13

CAÇA À MULTA


No princípio do mês, em Lagos, estacionei o carro na avenida marginal. Como ia sozinho, tranquei-o e fui comprar o bilhete de estacionamento. Demorei exatamente 3 min e quando cheguei ao automóvel já tinha uma multa de estacionamento. Quer dizer, o empregado passou no momento em que eu estava a comprar o bilhete e zás, multou-me. Fui à procura dele e além de ter sido desagradável, não me esclareceu como proceder. No verso do bilhete tinha instruções de como pagar os 12€ no Multibanco, mas a confusão era tanta que não consegui. Um empregado da esplanada que costumo frequentar, disse-me que podia pagar numa papelaria ali perto, o que também não consegui, disseram-me para ir pagar à PSP, dizendo-me onde fazê-lo. Lá fui e defrontei-me com uma fila enorme. Depois, ainda tive que esperar que o chefe do polícia resolvesse o problema, o qual em face dos documentos que apresentei e porque foram só 3 min e não tinha ninguém que me comprasse o bilhete, lá me perdoou.

E assim se perdeu uma manhã de praia, o que é preciso é “sacar”…

2 Comentários:

Às 27 julho, 2013 00:27 , Blogger alf disse...

Amigo Peter, já me aconteceu o mesmo. Agora, enquanto vou buscar o bilhete, meto os 4 piscas.
Aqui em Lisboa, acabaram com o pagamento por multibanco; para pagar a multa ou se vai à Emel ou por vale postal. Qualquer das duas coisas significa perder imenso tempo. Não paguei essa nem pago mais nenhuma, pois dinheiro ainda tenho algum, tempo é que não tenho. Sou cumpridor, mas pode acontecer atrasar-me, ninguém está livre disso. Paciência.

 
Às 27 julho, 2013 00:28 , Blogger alf disse...

Ah, e boa praia...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial